Quando sonho, sonho somente. Não há nada a se fazer perante a isso. Quando sorrio, não esqueço. Nem devo esquecê-lo. Quando ganho, orgulho-me do mesmo. É o necessário. Quando perco, entristeço-me e logo recomponho-me para melhorar. Quando choro, surpreendo-me. Lágrimas são raras, e sou surpreendido muito fácil com coisas raras. Quando arrependo-me, é forte e pesado. Quando sofro, é difícil, nada mais. Quando percebo que nada mais faz sentido, posso contar com meia dúzia (ou menos) de amigos. Poderia dizer “infelizmente”, mas prefiro agradecer, porque pelo menos eu tenho esses amigos, e sei que pra sempre poderei contar com eles. Perdoem-me por tudo, eu os amo muito.
Patrick Livera


  1. im-fuck-nigga reblogou esta postagem de patricklivera
  2. patricklivera publicou esta postagem

patricklivera
patricklivera, 15.10, 18 anos . universitário, solteiro, astigmata. além de minhas nobres aventuras vividas no meu mundo só, tento viver, quiçá sobreviver nesse mundo sujo e cruel, infestado de inúteis que só sabem destruir meu coração, meu pobre coração que só chora a cada vez que vê seu "amor" partir. a verdade é que desconheço o amor. não fale comigo, posso ser muito frio. mas fale comigo, pois sou a carência em pessoa.

Fique a vontade no submit, aceito quase todos. Meus Textos Instagram